Dicas de organização da rotina de estudos na quarentena

26 de março de 2020

Neste momento, as famílias estão precisando conciliar diferentes atividades, entre elas, a organização das tarefas domésticas, o home office e o acompanhamento das crianças e dos adolescentes nas tarefas escolares. Ter uma rotina e montar um plano de estudos são fundamentais para todos os estudantes.

Veja algumas dicas elaboradas pelas equipes pedagógicas do Colégio:

1. Organize uma rotina, usando folhas, quadro ou cartolina, lembrando que este período não é de férias;
2. Procure respeitar os horários já estabelecidos (Ex.: caso a criança ou o estudante frequente o Colégio pela manhã, organize as atividades escolares neste turno);
3. Para as crianças, distribua as diferentes atividades ao longo do dia, entendendo os tempos de descanso, alimentação, brincadeiras, sono, etc.;
4. Faça combinações com os filhos sobre tirar o pijama, alimentar-se bem e buscar um espaço adequado para realizar tarefas;
5. Incentive a realização das tarefas escolares, reforçando a ideia de que, com elas, aprenderá ainda mais, assim como acontece quando está na escola;
6. Aproveite o tempo para conversar e, com as crianças, contar histórias (o estimulado à linguagem verbal auxilia a criança a colocar em palavras o que ela está vivendo e sentindo, além de ampliar o vocabulário);
7. Movimente-se: busque um horário para exercícios, alongamento, etc. (conte com o auxílio de vídeos do YouTube);
8. Aproveite para fazer visitar virtuais a sites de museus, por exemplo;
9. Respeite as necessidades de cada um, na medida em que elas se apresentem. Flexibilize a rotina, caso perceba que alguma atividade programada está desgastante, pois isso é importante para manter o equilíbrio emocional. Mas lembre-se de que há um objetivo a ser alcançado, dessa forma, a melhor alternativa é encorajar os filhos, mostrando-lhe o quanto são capazes de concluir as tarefas;
10. Oportunize o espaço de diálogo nas refeições, depois de uma tarefa ou de um jogo. O importante é garantir, sempre que possível, um momento de reflexão junto aos filhos;
11. Estimule a criança a brincar sozinha, o que colabora com o desenvolvimento de sua autonomia;
12. Combine horários. Avise as crianças e os adolescentes quando os adultos estarão trabalhando e quais momentos terão disponíveis para brincadeiras e auxílio nas atividades escolares;
13. Busque o cuidado e a atenção, como bases essenciais para relacionarem-se mutuamente, respeitando espaços, tempos, sentimentos e dificuldades;
14. Entenda que é uma fase nova para todos, adultos e crianças. Por isso, não exija de si, reconheça seus sentimentos, aceite limitações e busque formas de relaxar (técnicas de mindfulness, meditação etc.);
15. Prepare o ambiente: mesa arrumada, cadeira confortável e iluminação adequada;
16. Elabore uma lista de prioridades e faça o check-list;
17. Evite fazer muitas tarefas ao mesmo tempo;
18. Proteja-se de interrupções. Lembre-se de que o silêncio para o estudo é muito importante;
19. Use materiais apropriados: planos de estudos enviados, cadernos, livros didáticos;
20. Registre as dúvidas que surgirem para esclarecimentos posteriores com os professores;
21. Cuide o uso do celular, para evitar interferência em sua concentração;
22. Fique atento aos prazos de devolução das atividades.