Primeiro lugar na VI Feira Brasileira de Iniciação Científica

1 de setembro de 2021

 

Gabriel Thiessen, estudante da 3ª série do Ensino Médio, conquistou o 1º lugar na categoria VI – Ciências Exatas e da Terra na VI Feira Brasileira de Iniciação Científica (FEBIC – Edição Virtual 2021) com o projeto de pesquisa Biodegradabilidade de canudos em amostras de água provenientes de áreas de escoamento pluvial em Porto Alegre, orientado pelos professores Alessandra Rosa e Cauê Mateus Finkler. “É um sentimento de bastante felicidade que a gente acaba por desenvolver, porque é como se fosse uma retribuição de todo o trabalho, de todas as horas no Laboratório, de todos os experimentos que fizemos e todo o esforço envolvido. Sempre é muito bom ser premiado nessas feiras”, definiu Gabriel.

O projeto de pesquisa teve início em 2019, quando o estudante estava na 1ª série. “Tínhamos algumas ideias iniciais para fazer o projeto relacionado ao plástico e poluição. Vimos um relatório que elencava algumas especificações para o plástico biodegradável ser degradado de fato na natureza. Começamos a ver que não tinha nenhuma outra pesquisa na área e achamos que poderia ser um tema interessante”, contou. 

Foi durante a pandemia, em 2020, que Gabriel, de casa, desenvolveu o bioplástico, feito a partir da casca da banana. A receita leva água, açúcar e vinagre. “Aos poucos fomos melhorando a metodologia de pesquisa e fazendo novos testes. O Gabriel teve uma evolução muito grande. Acompanhamos as apresentações que ele faz nas feiras, e a banca de avaliadores sempre reforça que a apresentação e a apropriação do conhecimento que ele tem é algo muito diferenciado perante os outros estudantes”, comentou a professora Alessandra.

O professor Cauê destaca que o prêmio na FEBIC é um reconhecimento sobre as questões da biodegradabilidade e do desenvolvimento de um bioplástico a partir da casca de banana. “Vale reconhecer, também, a persistência do Gabriel. No primeiro ano, não havíamos sido selecionados para os eventos científicos. A premiação na FEBIC representa que devemos acreditar na ideia e ter a persistência que vai dar certo”.

Com a conquista, Gabriel e os professores receberam uma credencial para participar do London International Youth Science Forum – LIYSF, em 2022, considerado o maior fórum científico juvenil internacional. Realizado anualmente, o evento reúne estudantes de mais de 75 países.

Histórico de premiações

No primeiro ano de desenvolvimento do projeto de pesquisa, em 2019, Gabriel participou da 9º Mostra de Ensino, Extensão e Pesquisa (MOEXP), na cidade de Osório. Já em 2020, o trabalho foi um dos selecionados para o XV Salão UFRGS Jovem, conquistou o 1º lugar no Prêmio Sustentabilidade – Menção Honrosa do projeto Palotina Recicla o Orgânico e o 5º lugar na categoria Ensino Médio/Técnico na 10ª Feira de Ciência e Tecnologia de Palotina/PR (FECITEC) e foi destaque no Espaço Jovem Cientista da PUCRS.

Neste ano, mais reconhecimentos: 4º lugar na categoria Ciências Exatas e da Terra da 19ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE) e dois prêmios na Feira Brasileira de Jovens Cientistas (FBJC) – o Prêmio de Reconhecimento da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular (SBBq) e o Prêmio de Inovação e Tecnologia da Qiagen Brasil.

“No projeto de pesquisa que tu não aprendes somente uma matéria específica, são vários conhecimentos envolvidos. Além disso, desenvolvemos a oralidade, aprendemos a ter comprometimento com o projeto, melhoramos a escrita. As oportunidades que o projeto de pesquisa te dá são incríveis, e engloba todas as habilidades possíveis” – Gabriel Thiessen

Sobre a FEBIC

A FEBIC é um espaço para estudantes apresentarem ideias criativas e inovadoras na forma de projetos científicos, onde possam experimentar o fazer ciências. Além de ser um ambiente de integração e troca de experiências entre estudantes e professores a feira também se dispõe a ser uma ferramenta de promoção da cultura científica, da experimentação, da disseminação, a inovação e o uso de novas tecnologias.

A edição 2021 aconteceu no formato virtual entre os dias 16 e 28 de agosto. Em cinco anos de da realização da FEBIC, já foram mais de mil participantes, 15 mil visitantes e 200 premiações.

Foco no empreendedorismo

Além de se dedicar ao projeto de pesquisa, Gabriel desenvolveu diferentes projetos ao lado de colegas. A plataforma Passaporte Estudantil foi criada com Thomas T. e reúne dicas, orientações, explicações e conteúdos sobre o processo de admissão nas universidades no exterior. A dupla também é a responsável pelo projeto English for Beginners que ministra aulas particulares e voluntárias de inglês para pessoas que nunca tiveram a oportunidade de estudar o idioma.

O site Repertório Farroups, desenvolvido com Thomas T. Pedro D. e Lucas Y., auxilia os colegas e demais estudantes no repertório cultural na redação do Enem.