15 de outubro de 2020

O uso das máscaras de proteção é obrigatório* para as crianças a partir do Nível 2 da Educação Infantil e para todos aqueles que frequentarem os espaços da escola. Sem ela, o acesso às dependências do Colégio não será permitido.

É importante que os modelos das máscaras sejam adequados ao ambiente escolar. Não serão autorizadas estampas que façam alusão a times de futebol , a partidos políticos ou que contenham mensagens e/ou imagens ofensivas ou religiosas.

ARMAZENAMENTO

Todos devem trazer consigo o número de máscaras necessárias para o seu período de permanência na escola. Para que o armazenamento seja feito de forma adequada, serão disponibilizadas embalagens de papel, sendo que as de cor branca devem ser utilizadas para máscaras limpas e as marrons, para as máscaras sujas. As embalagens poderão ser retiradas nos balcões dos andares. Sugere-se que os kits pessoais a serem levados para a escola sejam organizados semanalmente, inserindo-se, em cada saco branco, uma máscara limpa, como uma medida para facilitar a rotina.

USO DE MÁSCARAS EM CRIANÇAS

A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda que maiores de dois anos utilizem as máscaras para prevenção. Confira, abaixo, a algumas dicas de como incentivar o hábito do uso das máscaras pelos pequenos:

– As máscaras devem ser confortáveis e adaptadas ao tamanho do rosto. O ideal é que a criança experimente antes de usá-la;
– Converse com o(a) seu(ua) filho(a) sobre a importância de usar máscara ao sair de casa como forma de proteção e de cuidado com o outro;
– Busque um momento em que toda a família precise usar a máscara, mesmo que de forma breve e como uma brincadeira;
– Deixe uma máscara junto com os brinquedos para que faça parte do universo das brincadeiras da criança;
– Coloque máscaras nos bonecos e nas bonecas;
– Olhe-se no espelho com a máscara;
– Fale sobre emoções para a criança conseguir interpretar já que ela não está vendo a expressão facial;
– Incentive-a a se vestir de fantasias de super-heróis e princesas para auxiliá-la nesse processo, relacionando a máscara que o personagem usa com a máscara que a criança vai utilizar;
– Ao sair de casa, leve máscaras adicionais para possíveis trocas;
– Lave as mãos com água e sabão ou passe álcool em gel antes e depois de tocar na máscara;
– Oriente a criança a colocar e retirar a máscara sempre pelos elásticos;
– Oriente que ela evite colocar a mão na máscara.


*A obrigação será dispensada no caso de pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência

intelectual, com deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara de proteção facial, conforme declaração médica, que poderá ser obtida por meio digital, bem como no caso de crianças com menos de 3 anos. (Art. 3º, III-A, da Lei Federal n.º 13.979 de 06/02/2020, Incluído pela Lei Federal nº 14.019, 02/07/2020)