Ex-aluna conta sobre como foi a graduação no exterior

9 de junho de 2022

Júlia Abegg Machado, formada em 2016 no Farroupilha, formou-se no ano passado em Business, na Universidade de San Diego, na Califórnia. Atualmente, ela mora em São Paulo e trabalha como recrutadora na McKinsey & Company, uma empresa global de consultoria. Sobre cursar uma graduação no exterior, a ex-aluna avalia que foi uma experiência desafiadora e de muitas recompensas.

“Desafiador, por ter que me adaptar a uma cultura diferente, não só do país em que estava, mas também pela convivência com colegas de diferentes lugares. As recompensas são as memórias que lembrarei para sempre, por exemplo, das organizações estudantis que pude participar, e até me tornar presidente de uma delas, a Brazilian Student Association. Além de tudo que pude aprender nas aulas, também aprendi muitas coisas que levarei para a vida, como experiências pessoais, como adaptação, flexibilidade, comunicação e o próprio idioma”, contou.

Durante a faculdade, Júlia teve a oportunidade de trabalhar no campus da Universidade, no Departamento de Admissão de Alunos Internacionais. Ela participou de painéis e feiras da universidade para compartilhar as suas experiências com estudantes que tinham interesse em estudar na Universidade.

“Entender a cultura de trabalho dos americanos e um pouco mais sobre como funciona o processo de admissão nas faculdades do exterior foi um grande aprendizado que tive durante esses anos. Fiz conexões muito importantes que certamente contribuíram para que eu me formasse e estivesse pronta para trabalhar em uma grande empresa”, analisou.