Doenças respiratórias: cuidados e prevenção

14 de junho de 2021

São entre os meses de abril e agosto – outono e inverno – que ocorre o aumento da incidência das viroses respiratórias, como asma, rinite, sinusite, faringite, laringite e bronquite. Os seus sintomas são muito semelhantes: febre ou sensação febril, dor de garganta, congestionamento nasal, tosse, espirros, inflamação, dor de cabeça, coriza e mal-estar.

Em tempos de pandemia são necessários cuidados e, na presença de apenas um dos sintomas citados acima, a recomendação é se afastar do convívio social, permanecer em casa e consultar um médico para um diagnóstico preciso, com a realização de testes, por exemplo. 

Dicas de como prevenir e minimizar os efeitos de uma doença respiratória:

– Esteja com o calendário vacinal em dia, principalmente a vacina da gripe;
– Faça a lavagem nasal com soro fisiológico;
– Mantenha hábitos saudáveis, como o tempo de sono adequado, alimentação equilibrada, hidratação e exercícios físicos;
– Mantenha os ambientes limpos e arejados;
– Umidifique os ambientes, principalmente aqueles climatizados com ar condicionado;
– Evite locais com muitas pessoas e pouca circulação de ar;
Higienize frequentemente as mãos;
– Use lenços de papel descartáveis ao tossir ou espirrar;
– Não compartilhe objetos sem a higienização adequada;
– Procure respirar pelo nariz;
– Evite tocar as mãos nos rostos sem a higienização adequada;
– Mantenha tecidos limpos, como lençóis, toalhas, roupas, carpetes e tapetes;
– Caso tenha doenças crônicas, mantenha o acompanhamento médico regular com os tratamentos preventivos;
– Utilize máscara de proteção sempre.