14 de julho de 2020

Todo gato com três cores é fêmea?

Na maioria das vezes, sim! Pois, geneticamente falando, apenas gatas podem ter três cores.

Para entender melhor, vamos lembrar de um conteúdo de genética: na maioria das espécies, fêmeas possuem cromossomos XX e machos XY. Nos gatos, os genes para as cores preta e laranja são ligados aos cromossomos sexuais, enquanto os genes para a cor branca não (são autossômicos). Assim, as fêmeas (XX) podem ter as três cores: branca, laranja e preta, já os machos (XY) terão, no máximo, duas cores: laranja ou preta combinada, ou não, com a cor branca.

As três cores em gatos machos é um fenômeno muito raro, mas pode acontecer em casos de quimerismo (quando dois óvulos fecundados fundem-se ainda no útero, dando origem a um único indivíduo) ou da Síndrome de Klinefelter (quando o macho nasce com um cromossomo sexual extra: XXY).

Contribuiu para a postagem a professora Tanilene Persch, responsável pelo Laboratório de Biologia do Farroupilha.