Ex-aluna cria o projeto “Habitar a quarentena”

27 de abril de 2020

Camila da Rocha Thiesen, arquiteta formada em 2005 no Colégio Farroupilha, está desenvolvendo o projeto “habitar a quarentena”, cujo objetivo é fazer um recorte no morar contemporâneo em tempos de pandemia e isolamento social. “Busca-se perceber a relação das pessoas com as suas moradias e como as características espaciais das residências interferem no convívio e nas relações dos moradores. Por fim, questiona se as estratégias projeturais na Arquitetura sofrerão alterações a fim de prepararmos as habitações para possíveis situações futuras de isolamento”, explica a ex-aluna, que é fundadora do Metropolitano Arquitetos e arquiteta-coordenadora do Comitê de Sede e Infraestrutura da Associação dos Amigos do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MACRS).

A comunidade escolar pode colaborar com o projeto de diferentes formas. Na primeira etapa, lançada no perfil do Instagram @habitaraquarentena, Camila está coletando relatos e registros fotográficos das diferentes experiências de vivenciar o período de isolamento. Em um segundo momento, a intenção é traduzir o material recebido para a Arquitetura, com uma pesquisa acadêmica e a organização de um concurso para estudantes de graduação, para que eles projetem possíveis cenários, a partir do que foi relatado pelos colaboradores do projeto nas experiências de habitar a pandemia. Confira, abaixo, como colaborar:

Quem pode participar?

Todas as pessoas que habitam o universo do enfrentamento da atual pandemia do coronavírus – seja em quarentena, auto isolamento ou, ainda, as pessoas que seguem nas ruas e que tenham sido afetadas com a nova rotina.

Como colaborar?

Para a pesquisa: relato identificado ou anônimo.
Para a pesquisa e o perfil do Instagram: identificado (informando o perfil da rede social e uma breve descrição pessoal – idade, profissão ou o que quiser compartilhar) ou anônimo
Para divulgação: participando com a sua experiência ou não, as pessoas podem ajudar o projeto divulgando o perfil no Instagram: @habitaraquarentena.

Como enviar o material?

RELATO

Em forma de texto: o material deve ser enviado para habitaraquarentena@gmail.com. Não há limite de tamanho para o texto.
No Instagram: o texto será adaptado/reduzido para respeitar o limite de 2200 caracteres.
Temática: Habitar a quarentena – relatar dificuldades e pontos positivos encontrados no período de quarentena em relação ao habitar – seja sozinho ou acompanhado -, no lugar onde você se encontra. Incluir a localização atual.

REGISTRO FOTOGRÁFICO

Formato: preto e branco
Quantidade: 1 a 10 fotos
Temática: Habitar a quarentena – registro de livre escolha, dentro da temática (sugestão: foto dos ambientes da casa, de detalhes, das atividades e das ocupações no período, do convívio dos moradores).