Museu da Poesia reúne obras de estudantes da 1ª série do Ensino Médio

7 de agosto de 2019

Até sexta-feira, 09 de agosto, a comunidade escolar pode visitar o Museu da Poesia, uma exposição que reúne obras desenvolvidas pelos estudantes da 1ª série do Ensino Médio e que está na sala da Escola de Professores Inquietos e no saguão do Prédio D. A atividade, realizada na disciplina de Literatura da professora Karina Predebom, teve como objetivo apresentar um breve panorama de algumas produções feitas pelos principais representantes do gênero lírico.

Em sala de aula, os estudantes criaram e recriaram poemas, animações e declamações, e o Museu da Poesia é a apresentação do resultado das suas pesquisas. Cada turma estudou um aspecto do gênero lírico – Vinicius de Moraes e a história do soneto, o haicai, a poesia concreta e as poetisas e os poetas brasileiros.

As famílias podem circular pelos espaços do Museu da Poesia das 7h às 8h30, das 11h30 às 14h30 e após as 17h. Para acesso ao Colégio, é necessário usar o crachá.

Vinicius de Moraes e a história do soneto

Na sala da Escola de Professores Inquietos, os visitantes poderão presenciar uma homenagem ao poeta e compositor Vinicius de Moraes, representante do gênero lírico. Por meio da animação de alguns sonetos produzida pelos estudantes da 1ª série E, é possível conhecer um pouco da vida e da obra do artista.

Poetisas e poetas

No corredor de acesso ao Prédio D, os estudantes das 1ª séries A e D apresentam, em quatro totens, uma pesquisa sobre diferentes poetas e poetisas brasileiros – Cecília Meireles, Hilda Hilst, Cora Coralina, Adélia Prado, Conceição Evaristo, Francisca Júlia da Silva, Gilka Machado, Auta de SouzaQuintana, Carlos Drummond, Manoel de Barros, Murilo Mendes, Ferreira Gullar, Paulo Leminski, João Cabral de Melo Neto e Fabrício Carpinejar. A comunidade escolar pode acessar QR Codes para descobrir mais sobre cada um deles, responder a um quiz e ouvir os estudantes das duas turmas declamando poemas.

Haicai e poesia concreta

O saguão do Prédio D recebe o “Haicai” – também chamado de “Haiku” e “Haikai” –, poema curto de origem japonesa. A instalação apresenta árvores cujos frutos são haicais produzidos pelos estudantes da 1ª série C e, também, haicais de escritores pesquisados pela turma. No mesmo local os estudantes da 1ª série C apresentam os poemas concretos produzidos por eles em 3D, a partir das pesquisas de diferentes poemas concretistas.