Crianças do Nível 5E são pesquisadoras do fundo do mar

15 de julho de 2019

Para iniciar o novo projeto da turma, “Pesquisadores do fundo do mar”, as crianças do Nível 5E da Educação Infantil foram até a Biblioteca pesquisar livros relacionados ao tema, na segunda-feira, 15 de abril. Nos livros, já puderam fazer as primeiras descobertas, como novas espécies de animais marinhos.

Já na tarde quinta-feira, 25 de abril, a turma recebeu o bombeiro que trabalha no Colégio Farroupilha, Valmor Silveira da Silva Júnior, para uma conversa sobre os cuidados que se deve tomar na praia. O bombeiro contou sobre sua experiência no projeto Golfinho, explicou sobre as bandeiras que sinalizam as condições do mar e falou, ainda, sobre com os cuidados com o meio ambiente.

Em visita ao Laboratório de Biologia na tarde de terça-feira, 30 de abril, as crianças observaram conchas e ouviram o barulho do “fundo do mar”, o casco de uma tartaruga, a mandíbula de um tubarão e dois filhotes de tubarão.

Um jogo matemático foi realizado com a turma na quarta-feira, 08 de maio. Primeiramente, em sala de aula, as crianças trabalharam em equipe e cada grupo de mesa contribuiu para a elaboração de uma parte do cenário do jogo: pintura, confecção dos dentes e peixes e construção das barbatanas. O objetivo da brincadeira era acertar o máximo de peixes na boca do tubarão. As crianças registraram no caderno quantas tentativas elas tiveram e quantos foram os acertos.

Na quarta-feira, 15 de maio, a turma realizou uma saída de estudos para o Museu da PUCRS. As crianças participaram de um show de eletrostática, descobriram o nome científico de alguns animais trabalhados em sala de aula e descobriram espécies novas, como o peixe-voador e a piranha. Ao chegarem ao Colégio, a turma fez a escrita de um texto coletivo.

Já na sexta-feira, 17 de maio, as crianças observaram as carpas japonesas que ficam no estacionamento do Colégio. A professora do Laboratório de Biologia, Tanilene Persch, enviou uma carta para a turma com algumas informações e curiosidades sobre a espécie. A atividade finalizou com um piquenique embaixo do pomar.

Para compartilhar conhecimentos do projeto, as crianças se reuniram com a turma do Nível 4F na quarta-feira, 29 de maio. Após a troca de experiências, as crianças do Nível 5E participaram de um Quiz com perguntas, criadas por elas mesmas, sobre o fundo do mar. Para tornar a atividade mais lúdica, vestiram “tubos de oxigênio” e “barbatanas de tubarão”.

Já na quinta-feira, 20 de junho, a turma se reuniu com as crianças do Nível 4F no Campão para uma atividade com o professor do Laboratório de Física, Gentil Bruscato. Pilotando um drone, o professor percorreu distâncias equivalentes à altura e ao comprimento de diferentes animais vistos em sala de aula, como baleias e tubarões. A estudante do Nível 4F, Ana Clara, chegou em casa bastante empolgada com a atividade, segundo relato enviado pela mãe, Adriana Binotto, por mensagem privada ao perfil do Instagram do Farroupilha: “Mãe, foi muito interessante, muito bacana mesmo. Fiquei imaginando o tubarão e a baleia daquele tamanho. Eu amei o drone”.

Depois de colher a mandioca que havia sido plantado pela turma no ano anterior, as crianças realizaram uma culinária na quinta-feira, 27 de junho, e produziram um pão de aipim. A atividade contou com o auxílio da professora de Artes Visuais, Cláudia Costa.

 

Na sexta-feira, 12 de julho, foi realizado o encerramento do projeto. As crianças exploraram todos os materiais trazidos durante o semestre, como os livros, fotos e brinquedos, fizeram o desafio de “Just Dance” com a música “Baby Shark” e finalizaram a tarde com uma sessão de cinema e pipoca. O filme escolhido foi “O mar não está pra peixe”.