Crianças do Nível 4A observam “A Vida das Plantas”

17 de junho de 2019

Na manhã de segunda-feira, 22 de abril, as crianças do Nível 4A visitaram o Laboratório de Biologia para participar de uma atividade do projeto da turma, “A vida das plantas”. Depois de responderem a alguns questionamentos da professora do Laboratório, Tanilene Persch, e da auxiliar de ensino Francielly Ferreira, as crianças analisaram três tipos de flores encontradas no Colégio: a lavanda, que fica na Horta; a flor da paineira, árvore encontrada no Pátio da Educação Infantil; e a margarida amarela, localizada no estacionamento. A turma fez a análise das formas das flores e comparações entre as espécies. Em seguida, as flores foram colocadas, uma a uma, em microscópios, para que as crianças pudessem observá-las. As crianças aprenderam sobre a importância do pólen para a vida das plantas e de outras espécies, como as abelhas e as borboletas, e conheceram alguns frutos que surgem das flores, como o coco e a bucha vegetal.

Já na quinta-feira, 25 de abril, as crianças partiram em busca por respostas a alguns dos seus questionamentos e visitaram o pomar do Colégio, localizado no estacionamento. Elas observaram as diferentes espécies de árvores frutíferas, comparando as semelhanças e diferenças entre os frutos, as folhas e os tamanhos das árvores. As crianças observaram a acerola nos seus três estágios de desenvolvimento: a flor, a fruta verde e a fruta já madura. Passeando pela grama, elas contemplaram as folhas secas caídas e analisaram a altura do abacateiro e o tamanho do seu fruto, e os pés de laranjeira e bergamoteira. A turma conferiu, ainda, as diferenças entre os limões galego e siciliano e finalizaram a visita provando as bergamotas que estavam maduras.

Já na manhã de terça-feira, 30 de abril, a turma observou a Horta da Educação Infantil e sentiu o aroma de algumas ervas plantadas no local. Depois, as crianças foram até a Minicidade e, com a professora do Laboratório de Biologia, Tanilene Persch, conversaram sobre as partes da planta e as possibilidades de uso: em algumas se come a raiz, em outras, o caule, e há ainda aquelas se utilizam as folhas, as flores e os frutos. A turma experimentou chá de frutas (maçã), flor (camomila) e folha (hortelã).

Na terça-feira, 14 de maio, as crianças visitaram o Memorial para conhecer, a partir dos registros históricos, como era a vegetação do bairro Três Figueiras na época em que o Colégio saiu do Centro de Porto Alegre. A responsável pelo espaço, Alice Jacques, contou a história das Três Figueiras e mostrou algumas árvores que existem no entorno da escola, como a paineira, o flamboyant e o garapuvu.

Os pais da colega Lia Staats, Charley Staats e Lívia Rosa e Silva, que são biólogos e professores da UFRGS, visitaram a turma na quarta-feira, 15 de maio. Eles conversaram com as crianças sobre as necessidades das plantas, mostrando de forma prática quais são as principais características de uma planta e como ela recebe alimento para sobreviver. Eles realizaram um experimento com rosas brancas em água colorida, para que a turma pudesse observar as mudanças que as flores sofrem após receberem alimentos coloridos pela água.

Na sexta-feira, 24 de maio, a mãe da colega Alice Trott Diefenthaeler, Luciana Trott Diefenthaeler, visitou a turma para compartilhar a sua adoração por plantas e conversar sobre algumas que possuem espinhos, como as rosas e os cactos de diferentes espécies. Luciana também falou sobre as abelhas e a produção de mel, e as crianças puderam degustá-lo. Além disso, a turma também conheceu algumas flores comestíveis.

Já na terça-feira, 04 de junho, as crianças visitaram a Feira Orgânica, que integra a programação da VIII Feira Verde do Colégio Farroupilha. Lá, analisaram alguns alimentos, observando suas semelhanças e diferenças, sentindo aromas, como o do manjericão, e texturas, como as das seis espécies de feijão expostas no local. Em sala, as crianças compararam os valores de cada item e, no momento do lanche, degustaram bergamota. Após o lanche, a turma observou os descartes e refletiu sobre quais materiais são aproveitados pela natureza e quais podem prejudicá-la se não descartados da mentira correta. Em seguida, construíram um fungário para observar a decomposição de materiais orgânicos (maçãs e bergamotas) e separaram para reciclagem tampas de iogurte, canudo de plástico e embalagem de iogurte.

Os pais da colega Júlia Becker Jardim, Clarissa Becker e Maurício Jardim, visitaram a turma na quinta-feira, 06 de junho, para falar sobre os temperos que cultivam e a importância dessa alimento para a saúde. As crianças exploraram manjericão, alecrim e salsinha e, ao final do encontro, elas foram até a Horta da Educação Infantil com os pais da colega para mostrar o canteiro da turma. Como lembrança, cada criança recebeu mudinhas de algumas ervas para levar para casa.

A semana iniciada em 10 de junho foi cheia de atividades. Na quarta-feira, dia 12 de junho, as crianças visitaram o Laboratório de Biologia para uma conversa sobre a importância da água para o desenvolvimento da planta. Lá, construíram um terrário e puderam observar como o vapor, que se forma no vidro, favorece crescimento da planta. Na quinta, dia 13 de junho, contemplando a visita dos pais da colega Julia, que aconteceu na semana anterior, as crianças preparam pizza. Utilizando tomate, milho e orégano, cada mesa de grupo elaborou um sabor, degustando no momento do lanche. Já na sexta, a turma recebeu a mãe do colega Gabriel,  Fernanda Cavazola. Durante o encontro, Fernanda falou sobre as raízes e citou algumas que comemos, como a cenoura e o nabo. Para finalizar a conversa, Fernanda e Gabriel entregaram bolinho de cenoura para os colegas. Ainda na sexta, as crianças prepararam aromatizadores de ambiente, com flores colhidas pelo colégio, no Laboratório de Química.
Já na segunda-feira, 17 de junho, a turma recebeu as crianças do Nível 5B para uma troca de saberes sobre os projetos de cada turma. A proposta surgiu de uma inquietação das crianças do Nível 4A que perceberam a presença de formigas no canto da sala destinado aos projetos e, como o Nível 5B estuda esses insetos, as crianças conversaram para entender o interesse das formigas pelas plantas. Durante o encontro, a turma conheceu um pouco mais sobre a vida das formigas, as características delas, a forma como vivem dentro do formigueiro. As crianças também conversavam sobre a importância das formigas para o equilíbrio ambiental. Para concluir a atividade, a turma do Nível 5B ensinou para as crianças do Nível 4A como fazer formigas com argila.