“Conhecendo nossa cidade” é o projeto do Nível 4E

14 de junho de 2019

As crianças do Nível 4E da Educação Infantil, interessadas em utilizar o espaço da Minicidade e saber um pouco mais sobre o funcionamento de uma cidade, resolveram que o projeto da turma se chamaria “Conhecendo nossa cidade”. Alguns temas, como o funcionamento do trânsito, das ruas e dos bairros, os pontos turísticos, as construções de casas e prédios, as árvores e flores típicas de Porto Alegre, estão sendo abordados e pesquisados.

No dia 13 de maio, as crianças participaram da divisão dos grupos de meda e cada um recebeu uma parte de um ponto turístico de Porto Alegre. Após descobrirem os colegas com quem sentaria no grupo, elas montaram o seu ponto turístico e aprenderam curiosidades sobre eles.

Já no dia 16 de maio a turma realizou uma saída de estudos e fez um tour por Porto Alegre, passando pelo Parque Farroupilha, pela Prefeitura e pelo Mercado Público, além de uma parada na Casa de Cultura Mario Quintana, onde foi possível fazer uma visita ao quarto do poeta e um piquenique, e também no Boulevard Laçador, para conhecer o avião da Varig.

A partir da história “Trânsito no Mundinho”, as crianças conversaram sobre o trânsito, na tarde do dia 22 de maio. Elas montaram com formas geométricas o trânsito de uma cidade e visitaram o estacionamento da Educação Infantil para observar e registrar, através de fotos no iPad, algumas placas e sinalizações de trânsito que existem no local.

Na sexta-feira, 31 de maio, juntamente com os colegas do Nível 3E, as crianças receberam a visita do artista Gustavo Corrêa, o Gusco Art, que é ex-aluno do Colégio. Ele apresentou a sua obra, explicou sobre a Pop Art, utilizada em seus trabalhos, e mostrou os seus quadros de Porto Alegre. Após responder a perguntas das crianças, ele distribuiu gravuras suas para que as crianças pintassem com lápis de cor e giz de cera.

Já após visitarem a Feira Verde, evento promovido pelo Colégio na semana de 03 de junho, as crianças criaram a sua própria feira na Minicidade. Elas auxiliaram na organização do espaço e receberam dinheiro de brinquedo para realizar suas compras. Durante a atividade, escolhiam os alimentos que desejavam e verificavam se tinham “dinheiro” para comprá-los. Na sala de aula, cada criança registrou em desenho o que comprou e se sobrou algum troco.

Já na terça-feira, 11 de junho, as crianças foram ao Laboratório de Biologia aprender sobre o Ipê, árvore bastante presente em Porto Alegre e, na coloração amarela, considerada um dos símbolos do Brasil. Uma das curiosidades que a turma descobriu é que os Ipês começam a dar flores com aproximadamente 4, ou 5 anos, a mesma idade deles. As crianças também pintaram flores de dobradura, com a cor de seu Ipê preferido.
Na quinta-feira, 13 de junho, as crianças fizeram uma experiência com sombras que as possibilitou perceber a diferença da iluminação solar a cada hora do dia. Divididas em duas equipes, montaram uma cidade com caixas de todos os tipos e tamanhos e marcaram no chão as sombras que as caixas produziam. Ao final, compararam as diferentes marcações e relacionaram com os horários.