Farroupilha e DaquiPraFora oferecem palestra sobre Graduação no Exterior

16 de maio de 2019

“Graduação no Exterior” foi a palestra oferecida na noite de quinta-feira, 16 de maio, a estudantes e familiares do 9º ano do Ensino Fundamental – Anos Finais à 3ª série do Ensino Médio, pelo programa Olhos para o Mundo em parceria com a DaquiPraFora, uma  consultoria especializada na preparação dos estudantes para aplicação em universidades do exterior. A atividade, que abordou oportunidades para estudar em universidades dos EUA, Canadá e Reino Unido, foi conduzida pelo consultor educacional Pedro Lunardelli.

Essa é uma das propostas direcionadas à preparação para o processo de aplicação a universidades do exterior oferecidos esta semana pelo Farroupilha. No sábado, 18 de maio, os estudantes poderão realizar um simulado do SAT. Clique aqui para mais informações e inscrições. No segundo semestre, um novo simulado, previsto para 04 de outubro, será oferecido.

Em sua fala, Pedro contextualizou as mudanças que levam cada vez mais brasileiros a optarem por fazer uma faculdade no exterior, abordou as vantagens de estudar fora do país, explicou como funciona o processo seletivo e as oportunidades de bolsas de estudo. O consultor também destacou as conquistas dos estudantes do Colégio Farroupilha, que nos últimos anos têm obtido cada vez mais aprovações em faculdades estrangeiras.

O processo seletivo

Pedro explicou que o processo de aplicação para universidades do exterior avalia quem é o estudante de forma integral, a fim de entender se o perfil dele é adequado para a instituição. De forma geral, o processo é composto das seguintes etapas:

–  Avaliação do histórico escolar dos últimos quatro anos: a maioria das universidades avalia o desempenho escolar do estudante do 9º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio.

– Pontuações obtidas em testes como o SAT: uma espécie de vestibular que avalia inglês e matemática. O SAT é oferecido seis vezes ao ano e o estudante pode prestá-lo quantas vezes desejar. O consultor explicou que, na hora de enviar a documentação para a universidade, será levada em consideração a pontuação mais alta dentre as tentativas do estudante.

–  Certificado de proficiência em Língua Inglesa: as universidades solicitam comprovações de que o estudante tem domínio do idioma, como o TOEFL, IELTS e, em alguns casos, Cambridge. No Farroupilha, as aulas de inglês seguem a metodologia de Cambridge e os estudantes têm a oportunidade de sair do Colégio certificados. Pedro destacou que o estudante com certificação de Cambridge realiza com facilidade a prova do TOEFL, uma vez que o grau de exigência da prova britânica é maior.

– Cartas de recomendação dos professores: as universidades querem saber o perfil do jovem enquanto estudante e valorizam bastante as cartas de recomendação da escola de origem.

– Atividades extracurriculares: são valorizados diversos tipos de atividades realizadas pelos estudantes durante sua vida escolar, como envolvimento em clubes de aprendizagem. O Colégio Farroupilha oferece, gratuitamente, diferentes atividades nesse sentido (saiba mais aqui), além de compilar todas elas em um portfólio criativo (mais informações aqui).

– Redações: são diferentes das redações exigidas nos vestibulares brasileiros, pois tratam de temas mais subjetivos e buscam entender quem é o estudante. Cada universidade decide o tema.

– Entrevistas: em alguns casos, a universidade faz entrevistas por web conferência ou pessoalmente, através de representantes no Brasil, com os estudantes.

–  Portfólio: mais comum para a área de Artes, algumas universidades avaliam os trabalhos desenvolvidos pelo estudante antes da vida universitária.

Pedro explicou que o estudante vai se preparando ao longo dos últimos anos escolares e que, apenas ao final da 3ª série do Ensino Médio envia a documentação às universidades escolhidas. Em toda palestra, o consultor destacou que aplicar para universidades do exterior é manter as portas abertas
para diferentes caminhos, pois o processo pode acontecer paralelamente aos
estudos para os vestibulares nacionais.

O consultor também falou um pouco sobre o processo de acompanhamento dos estudantes feito pela DaquiPraFora e colocou seus contatos à disposição das famílias que quiserem mais informações: pedro.lunardelli@daquiprafora.com.br e (48) 99130-7000.

Farroupilha no exterior

O Colégio Farroupilha apoia os estudantes que optam por estudar fora do país por meio de vários projetos e atividades, como o estudo e as certificações nas línguas Alemã, Espanhola e Inglesa, os intercâmbios, o envolvimento em projetos extracurriculares e equipes esportivas, a aplicação de dois simulados do SAT ao longo do ano letivo, a disponibilização do Portfólio Criativo, além da realização de atividades sobre oportunidades para estudar no exterior e organização de toda a documentação necessária, como cartas de recomendação, formulários e médias escolares.

Nos últimos anos, todos os estudantes que fizeram a aplicação para universidades do exterior foram aprovados, alguns, inclusive, em universidades membro da Ivy League, grupo das melhores instituições dos EUA. Conheça as aprovações obtidas no ano passado.