Estudantes produzem pratos típicos adaptados a restrições alimentares

9 de maio de 2019

Durante a semana de 06 e 10 de maio, os estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental – Anos Finais participaram da oficina “Mastechef”, atividade que leva o nome do programa transmitido pela TV Bandeirantes e que tem como objetivo avaliar o que foi estudado na disciplina de Ciências, como o corpo humano, as moléculas orgânicas, os tipos de alimento e o papel deles no corpo, além das doenças e restrições associadas à alimentação. A proposta é desenvolvida pelos professores Sandro Silva e Marcelo Peres.

A turma foi dividida em duas grandes equipes: azul e vermelha. Cada equipe foi, ainda, subdividida em outros três grupos, sendo cada um responsável pelo preparo de uma etapa de uma refeição completa: entrada, prato principal e sobremesa. Quando prontas, as duas sobremesas se confrontaram, assim como as duas entradas e os dois pratos principais.

Além de pensar em uma refeição para pessoas com algum tipo de restrição alimentar, como veganos, intolerantes à lactose, celíacos, diabéticos, hipertensos e com colesterol alto e com gota, os estudantes tiveram que escolher o prato típico de um país e adaptá-lo a restrição alimentar.

O país – Portugal, Alemanha, Brasil, Líbano, Itália e Japão – foi sorteado em sala de aula, além da restrição alimentar. Entre os pratos, moqueca baiana adaptada para intolerantes à lactose, salada caprese com queijo de nozes para veganos, sardinha com pouco sal e gordura para hipertensos e com colesterol alto, manjar árabe sem açúcar para diabéticos, yakisoba sem shoyu para pessoas com gota, rote grütze (sobremesa alemã) sem glúten para os celíacos, entre outros. A compra dos ingredientes e a escolha da receita foram de responsabilidade dos próprios estudantes.

Toda a elaboração dos pratos foi feita no Galpão do Colégio e apresentados a uma banca de jurados, formada por educadores dos Anos Finais.